Cruzeiro Lança Fundo de Investimentos e Promete Retorno Financeiro Atrelado à Taxa CDI

Clube lançou projeto para sócios da categoria Diamante; saiba como admitir.

Cruzeiro Lança Fundo de Investimentos e Promete Retorno Financeiro Atrelado à Taxa CDI
Por: Wallace Graciano em 28/01/2021

O torcedor do Cruzeiro poderá ser mais ativo na reconstrução do clube. O projeto, lançado em parceria com a Mutual Capital, empresa especializada em gestão de finanças, disponibilizará o acesso ao investimento exclusivamente para os sócios da categoria Diamante da Raposa, cuja mensalidade é de R$ 1 mil.

De acordo com comunicado do clube com a Mutual, as cotas terão o valor de R$ 25 mil, com a liberação de empréstimo a cada R$ 1 milhão garantido. A rentabilidade do fundo é de 170% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Ou seja, o investidor teria no cenário atual a rentabilidade de 3,23% por ano (para se ter uma ideia, a poupança hoje rende 1,4%). 

A Raposa, por sua vez, contaria com 12 meses de carência para começar a amortização em 24 parcelas contadas a partir de dezembro de 2021.

Como Posso me Beneficiar Com Esse Fundo de Investimento?

Segundo o clube, “cada operação de investimento realizada vai gerar uma CCB para o investidor, regulada pelo Banco Central, e a efetivação de cada etapa de captação assegura ao investidor o direito de recebimento do retorno da aplicação”.

Ainda de acordo com o Cruzeiro, “a garantia do investidor prevista em CCB, no caso de não cumprimento, são 10% do valor arrecadado em bilheteria a partir de dezembro/2021 e 10% da receita do sócio torcedor a partir de dezembro/2021”.

Essa nova iniciativa foi comemorada pelo diretor financeiro Matheus Rocha, que ressaltou a importância da parceria para que a instituição obtenha crédito com baixas taxas de juros.

“O clube está buscando inovar nas formas de captação de recursos. Com este produto, o Cruzeiro se beneficia com baixas taxas de juros, além de ser uma boa oportunidade de investimento para o torcedor, que ainda ajuda o clube. É uma forma de aproximar ainda mais o torcedor do Cruzeiro, fazendo com que este também consiga ganhar rendimentos, tendo garantia de recebimento de todo o investimento, com juros. Desde junho estamos estudando a implementação deste processo, que é algo inovador em se tratando de clubes”.

Já Victor Fernandes, co-fundador e CMO da Mutual, falou sobre a oportunidade de investimento para os torcedores. “Temos a oportunidade de levar esse tipo de investimento também aos torcedores do Cruzeiro, possibilitando que o clube tenha crédito muito mais saudável, com juros baixos e ainda dar uma opção de investimento ao seu torcedor, que pode ser mais rentável que a renda fixa. Tudo isso, com a segurança da nossa plataforma e bancarização do crédito”.

Outras Ações

Esta não é a primeira vez que o Cruzeiro busca receitas em ações direcionadas aos seus torcedores. Em janeiro, o clube lançou o Sócio Reconstrução, com valor mensal de R$ 12 (anuidade de R$ 144), e assegurou mais de R$ 6 milhões aos cofres celestes.

Em abril, a Raposa lançou a Operação Fifa, recebendo mais de 21 mil doações, com valor exato de R$ 747.764,14 até 3 de dezembro. 

Além disso, a Raposa lançou os centavos celestes, no qual os torcedores arredondam o valor das suas compras, que são direcionadas diretamente aos cofres do clube.

O Que Podemos Aprender Sobre Finanças Com o Cruzeiro? 

Em meio ao caos, com dívidas batendo mais de R$ 1 bilhão, segundo o último balanço divulgado pelo próprio clube, o Cruzeiro tenta captar receitas das formas mais diversas, até mesmo oferecendo um fundo de investimento que seria uma espécie de empréstimo à Raposa com possibilidade de retorno futuro.

No mercado, a oportunidade torna-se atrativa, já que o fundo oferece rentabilidade de 170% do CDI, número pouco visto no mercado.  Para a Raposa, é uma tentativa de respiro, já que, só de juros, essa dívida cresce mais de R$ 100 milhões anualmente.

Porém, mais do que um retorno financeiro a longo prazo, esse cenário nos traz alguns ensinamentos.

O principal deles é que, talvez, nada disso seria necessário se a Raposa não tivesse um controle financeiro ao longo dos últimos anos, tomando decisões palatáveis e gastando de acordo com suas receitas. Esse fundo, por exemplo, poderia ser utilizado para outros objetivos, como fortalecer ainda mais o time, não para reestruturá-lo.

Isso pode ser usado em sua vida. Por mais que as oportunidades momentâneas possam parecer sedutoras, pense de acordo com suas receitas e só gaste o que está no seu orçamento.

Aqui, no Unum, temos uma série de conteúdos que te ajudarão a entender melhor como se pode fazer um planejamento a curto e médio prazo. Além disso, temos uma se de conteúdos voltados especificamente para investimentos, como esse, que o Cruzeiro oferece.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*