Meliúz: Confira a Trajetória da Startup que Descobriu o Conceito de Cashback

Descubra como a Meliúz surgiu, como funciona e como fatura com o cashback.

Meliúz: Confira a Trajetória da Startup que Descobriu o Conceito de Cashback
Por: Da Redação em 22/01/2021

Foi buscando e estudando sobre os melhores programas de fidelidade que Salmen e Guimarães descobriram o conceito de cashback. E decidiram colocá-lo em prática.

Esse é apenas o início da caminhada dos empreendedores, que ao invés de converter o dinheiro gasto em pontos – como os demais programas de fidelização – trouxeram como característica para a Meliúz a devolução de parte do dinheiro gasto em suas compras online

No fim de 2022, a Meliúz lucrou mais de 14 milhões de contas e movimentou um total de R$ 2,5 bilhões na plataforma, e essa semana foi tema do 73º episódio de podcast “Do Zero ao Topo.” Saiba mais abaixo.

O Início da Meliúz

Em 2011, no Estado de Minas Gerais, Israel Salmen e Ofli Guimarães criaram a Méliuz montando a primeira plataforma de cashback do Brasil. Os empreendedores contam no podcast que inicialmente cometeram muitos erros e receberam muitos nãos, mas mesmo assim o negócio cresceu.

Hoje a plataforma já alcançou todos os Estados brasileiros, e conta com uma das maiores parcerias do país atualmente, incluindo a Amazon, Magazine Luiza, Americanas, Adidas, Carrefour, Extra, Dell, Vivara e mais de 800 lojas de varejo.

Como a Meliúz Funciona?

A plataforma online dá aos seus clientes centenas de cupons de descontos nas principais varejistas do Brasil, e de graça.

O processo é muito simples: basta se cadastrar com seus dados pessoais, procurar pela loja online desejada, ativar o cashback e fazer sua compra normalmente pelo e-commerce.

Em até 2 dias o valor do seu dinheiro de volta irá aparecer no extrato da sua carteira digital Meliúz, e você pode resgatá-lo diretamente na sua conta bancária.

Como a Meliúz Ganha Dinheiro?

A startup ganha dinheiro de três maneiras:

Cupom de Compras

A cada vez que o cliente coloca um produto no carrinho do e-commerce parceiro da Meliúz e efetua o pagamento, a empresa ganha uma comissão em cima dessa compra.

Inteligência de Mercado

A startup também fatura com a venda das informações que informam a base do padrão de consumo de quem compra pela plataforma, para ajudá-los em suas vendas.

Cartão de Crédito

Além da plataforma digital, a Méliuz, visando a diversificação dos seus produtos, criou um cartão de crédito exclusivo que tem como emissor o Banco Pan. Com ele, a empresa consegue oferecer cashback em todas as compras e a possibilidade de sacar esse dinheiro e usar como quiser.

Sem anuidade, o cartão de crédito Meliúz pode ser usado também em sites internacionais e não exige renda mínima para sua solicitação. Saiba mais clicando no botão abaixo:

Primeira Startup Nas Ações Brasileiras

Com a sigla CASH3, em novembro de 2020, a Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) da Méliuz movimentou R$ 367 milhões. As ações foram precificadas a R$ 10,00 cada.

No entanto, desde a sua chegada na Bolsa, os papéis da empresa já subiram mais de 182%.

Confira abaixo as especificações da Meliúz na Bolsa:


O Futuro da Meliúz

Os empresários alegam que com o dinheiro ganho com suas ações na Bolsa, o melhor caminho para a Meliúz é investir na variação dos seus serviços financeiros, como seguros e pagamentos.

Com essa estratégia, a companhia pretende atrair e fidelizar mais usuários, cujo número atualmente já passa de 5 milhões de consumidores ativos.

“Embora reconheçamos que o negócio de cashback pode não ser atraente para alguns investidores, pensamos que a força motriz de médio/longo prazo da Méliuz será sua capacidade de continuar inovando sustentada por sua forte cultura ‘centrada nas pessoas’”, afirmaram analistas do Bradesco BBI no relatório de início da cobertura das ações, em 15 de dezembro.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*