Parcelamento com cartão de crédito: guia completo de como funciona

Uma funcionalidade que ajuda muito na hora das compras. Saiba todos os detalhes para aproveitar o parcelamento com cartão de crédito

Por: Pamela Gaudio em 27/05/2021
cartão de crédito em uma maquininha para compras parceladas

Comprar com cartão de crédito é muito comum na nossa sociedade. O Brasil é um dos países que mais utiliza cartão de crédito no mundo. Além de segurança, o cartão de crédito é uma ferramenta fácil e prática para o nosso dia a dia. Com o tempo, ele também agregou novas funcionalidades e permitiu a realização de compras parceladas.

Por diversas vezes usamos o cartão de crédito para realizar compras à vista. Mas, dependendo do valor do produto, não é possível pagá-lo de uma só vez. Por essa razão, o parcelamento pode ser a melhor opção na hora de comprar um produto ou serviço mais caro. Porém, é preciso ter cuidado na hora de parcelar. 

Como funcionam as compras parceladas?

Na hora de realizar aquela grande compra, chega a hora de usar o cartão de crédito para parcelar. Por mais que você tenha renda suficiente para arcar com o parcelamento, é preciso ter atenção para não comprometer o seu limite, de forma que afete o seu ritmo de compras com o cartão. 

O parcelamento pode acontecer em muitas ou poucas parcelas, isso depende das opções que o vendedor disponibiliza. Além disso, as parcelas podem ou não ter juros. Isso tudo vai depender do tipo de compra que você está realizando. 

Quando você parcela algo no cartão, você pega o valor original da compra e divide em quantas vezes for melhor para você. Uma compra de R$900 pode ser parcelada em 3x de R$300, não pesando tanto no final das contas. 

Qualquer cartão pode fazer compras parceladas?

Não. Você deve estar atento ao tipo de cartão que você possui. Alguns cartões possuem função híbrida, com crédito e débito juntos. Porém, somente é possível parcelar uma compra na função crédito. 

O cartão de débito é aquele que desconta os valores direto da sua conta corrente. Você compra à vista, mas ao invés de pagar com dinheiro, usa o cartão de débito e o desconto é feito da conta corrente na mesma hora. 

Como funciona o parcelamento com e sem juros?

Em algumas compras, dependendo do estabelecimento, você pode se deparar com os juros do parcelamento. Ou seja, no final, você pagará um pouco mais caro no produto, já que o valor será acrescido de juros. Essa prática é legal, por isso, se você preferir, pode encontrar uma forma de adquirir o mesmo produto ou serviço sem a taxa de juros. 

Parcelamento sem juros

É um parcelamento comum, onde o valor total da compra é dividido em parcelas iguais e sem nenhum acréscimo no valor. Algumas lojas costumam acrescentar juros quando o cliente quer parcelar em muitas vezes. Geralmente, é possível encontrar parcelamento de 10x, 12x e até 18x sem juros. 

Parcelamento com juros

Em muitos casos, não é possível parcelar sem juros e aí acontece aquele acréscimo. Se for de extrema necessidade, o parcelamento, mesmo com juros, pode te ajudar. Mas fique atento para o valor dos juros. Pesquise para que ele seja o menor possível. Uma outra alternativa é tentar conseguir um desconto para pagamento à vista. Assim, você não precisa pagar a mais pelo produto e pode economizar uma grana. 

Como fica o meu limite em compras parceladas?

Compras parceladas comprometem o limite do seu cartão. Por isso, é preciso ter cuidado antes de ir às compras, para não ultrapassar o limite. 

Limite que considera o valor total da compra

O seu cartão pode ter o limite comprometido no valor total da sua compra. Imagine que você tem R$2000 de limite no cartão e realiza uma compra de R$1000 parcelada em 5x de R$200. O seu limite total será de R$1000, pois, mesmo na compra parcelada, o valor total da compra é que conta no limite. 

Limite que considera somente o valor da parcela ao mês 

Nesse cenário, o valor da compra total não compromete o limite do cartão, apenas a parcela. Logo, se o seu limite é de R$500 e você compra R$200 parcelado em 4x de R$, o seu limite será de R$450, pois somente a parcela compromete o seu limite. Mas isso pode ser uma armadilha que pode gerar descontrole financeiro. Para saber como o seu cartão de crédito funciona, consulte o emissor. 

Como saber o meu limite?

Geralmente, o limite já vem descrito na própria fatura do cartão de crédito. Ela mostra o limite total e o limite disponível para uso. Também é possível consultá-lo no aplicativo, internet Banking ou na central de atendimento de cartões. 

Como aumentar o meu limite?

Se você já possui um cartão de crédito, mas precisa aumentar o seu limite para alguma compra, é preciso entrar em contato com o banco. Geralmente, pela central de cartões, você já consegue o aumento do seu limite para realizar uma compra específica. Pode ser fácil conseguir, mas é preciso seguir alguns critérios. 

Para conseguir aumentar o seu limite, você precisa manter os seus dados atualizados junto à instituição financeira. Além disso, é muito importante que você pague suas contas em dia, para manter o histórico de bom pagador. Se houver mudanças na renda, também é importante informar o banco sobre isso. 

Dentre os novos cartões de crédito do mercado, alguns já contam com a funcionalidade de aumentar o limite do cartão diretamente pelo aplicativo do celular. 

Vale a pena fazer compras parceladas?

O parcelamento com o cartão de crédito é uma forma muito comum de realizar compras, mas isso não pode acontecer de modo automático. Você precisa pensar se a compra parcelada é realmente necessária. O parcelamento com cartão só vale a pena quando você tem plena certeza de que irá honrar com o pagamento da sua fatura. Para que isso seja possível, é necessário fazer um bom planejamento financeiro, para não comprometer a sua renda e acabar inadimplente. 

Aqui no blog temos diversos artigos sobre como você pode iniciar o seu planejamento financeiro e as ferramentas que podem te ajudar. Para ler mais sobre, basta clicar aqui

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*