Principais Riscos do Empréstimo Consignado

Empréstimo Para Negativado
Por: Da Redação em 09/02/2021

As vantagens do empréstimo consignado são muitas e incluem as menores taxas de juros do mercado, ser aprovado mesmo com o nome negativado, além de ter um limite de crédito mais amplo. Parece muito atrativo, não é mesmo? Mas, nem tudo é só vantagem.

Apesar da sua demanda ter crescido bastante nos últimos anos, essa modalidade de crédito possui alguns riscos que devem ser avaliados antes de fechar negócio, evitando que você caia numa verdadeira armadilha.

O que é empréstimo consignado?

É uma das modalidades mais comuns de crédito disponível no mercado, na qual a parcela será descontada diretamente do seu salário ou benefício. Dessa forma, reduz o risco do credor ficar sem receber o pagamento, já que o pagamento é garantido.

Porém, é necessário ter margem consignável disponível, que é o valor máximo da renda mensal que o cliente pode comprometer em um empréstimo.

Para saber mais sobre este assunto, recomendamos que visite este post.

Principais riscos empréstimo consignado

Cair em golpes

Infelizmente, muitas pessoas caem todos os dias em novos golpes e o empréstimo consignado não está de fora. O que mais acontece é a cobrança de taxas na efetivação do empréstimo, porém, nenhum tipo de pagamento antecipado deve ser feito.

Além disso, não aceite intermediações que prometem a efetivação do serviço e desconfie se solicitarem informações pessoais, como cartão e senha do banco. É importante pesquisar sobre a empresa e ver o que os clientes estão falando sobre ela, tanto no Procon quanto em alguns sites como o Reclame Aqui.

Não ler o contrato

A maioria das pessoas assinam contratos sem antes mesmo de fazer uma leitura minuciosa. Porém, uma vez assinado, você deverá se comprometer a aceitar aquilo que está escrito e pode ser difícil uma renegociação, isso vai depender do credor. Portanto, entenda todas as linhas descritas e leia atentamente os mínimos detalhes.

Além disso, tenha certeza sobre todas as condições que a instituição financeira está de oferecendo:

  • Quais são os juros?
  • Como são os prazos?
  • Como funciona pagamento antecipado?
  • E se eu for demitido?

Comprometer a renda

A porcentagem máxima que poderá comprometer a sua renda é 30%. Se ultrapassar esse percentual, pode ser que fique difícil de manter sua vida financeira sob controle, organizada e sem dívidas. Então, cuidado quando oferecem parcelas maiores do que você consegue se comprometer. E, lembre-se, pode ser que o seu limite seja menor que 30%, isso vai depender dos seus gastos mensais.

Risco de perder o emprego

Caso trabalhe em uma empresa privada, existe sempre o risco de ser mandado embora. Se isso acontecer, procure a instituição financeira que solicitou o crédito e informe o ocorrido. Mas saiba que em casos de demissão, será necessário quitar o empréstimo de uma só vez ou trocar por outro empréstimo, o que normalmente sai mais caro, porque deixa de ser consignado e passa a ser um empréstimo pessoal, os quais têm juros mais altos.

Além disso, geralmente, o contrato de empréstimo consignado prevê o desconto de 30% do valor que irá receber na rescisão.

Dívida e mais dívida

Às vezes, esse serviço é solicitado para sanar algumas dívidas já existentes, então, tenha certeza se, no final de tudo, conseguirá pagar o que deve sem virar uma “bola de neve” e acabar se enrolando em mais uma dívida.

Você tem certeza que o empréstimo consignado é a única opção? Você conseguirá honrar o compromisso de todo mês ter parte do seu salário preso em uma dívida por um bom tempo? Caso você não tenha a resposta para essas perguntas, talvez não seja o momento de contratar um empréstimo consignado e deve pensar melhor a respeito.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*