WhatsApp Pay é seguro? Veja como usar e se proteger de possíveis fraudes

WhatsApp Pay é seguro? Veja como usar e se proteger de possíveis fraudes
Por: Da Redação em 09/02/2021

A última segunda-feira (15) trouxe uma ótima novidade para os brasileiros: o país seria o primeiro a receber o WhatsApp Pay, conforme anunciou o CEO da companhia, Mark Zuckerberg. A ferramenta vai utilizar o Facebook Pay, plataforma de pagamentos que facilita transações pelos aplicativos da empresa, que, além do mensageiro instantâneo e da rede social, incluem também o Facebook Messenger e o Instagram.

Porém, obviamente, logo surgiram desconfiança em relação às transações que ali podem acontecer. Afinal, o meio de pagamento chega em meio à explosão de golpes através do aplicativo em meio à pandemia de coronavírus (Covid-19).

Segundo dados da Refinaria de Dados, empresa especializada na coleta e análise de informações digitais, entre 20 de março (início do confinamento em boa parte do Brasil) e 18 de maio, a busca de informações pessoais e bancárias de brasileiros na chamada dark web (ver infográfico) cresceu 108%. O número de buscas diárias alcançou 19,2 milhões ante 9 milhões no período antes da pandemia.

Evite fraudes e golpes: proteja o seu whatsapp

Em um dos golpes mais comuns, um amigo pede ajuda através de uma mensagem, afirmando que precisa fazer um depósito urgente e está com problema no aplicativo do banco. Nisso, pergunta se esse colega pode pagar esse boleto para ele e no dia seguinte devolve o dinheiro.

Para evitar que transações não-autorizadas e fraudes sejam constantes, o WhatsApp exigirá que todas as transferências ou pagamentos terão de ser aprovadas pelo usuário. Para isso, será preciso utilizar uma senha de seis dígitos ou a informação biométrica do celular. Porém, listamos algumas outras que você pode tomar para evitar cair em golpes. Confira.

Verificação em duas etapas

A melhor maneira para não ter seu número clonado é ativar a opção de verificação em duas etapas, que pode ser acessada no menu de Configurações, que está localizado no canto superior direito da tela do aplicativo. Isso impede que alguém acesse a conta do WhatsApp em outro dispositivo sem inserir o PIN definido previamente.

Não compartilhe informações de pagamento

A Cielo, empresa responsável pelo processamento dos pagamentos pelo WhatsApp, também traz outras dicas para se proteger de fraudes. A empresa sugere não compartilhar o código de confirmação do app, o PIN do Facebook Pay ou o número de confirmação com outras pessoas, mesmo que seja próximo. Afinal, se essa pessoa for clonado, um criminoso pode se passar por ela.

Para evitar problemas caso o celular seja perdido ou roubado, sempre adicione medidas de bloqueio no próprio aparelho, com senhas, impressão digital ou reconhecimento facial. Assim, você precisará confirmar a sua identidade sempre que for abrir o dispositivo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*