Franquia do Seguro: O que é e Como Funciona

Por: Renato Mesquita em 01/03/2024
Franquia do Seguro

Ter um seguro é uma forma de proteger o seu patrimônio e garantir tranquilidade em momentos de imprevistos. No entanto, um termo que pode gerar dúvidas é a “franquia do seguro”. Você já ouviu falar sobre isso? Sabe como funciona e qual a importância desse elemento? Neste artigo, iremos explicar em detalhes tudo o que você precisa saber sobre a franquia do seguro.

Entendendo o conceito de franquia do seguro

Antes de entrarmos em mais detalhes, é importante compreender a definição de franquia do seguro. Basicamente, a franquia é um valor estabelecido em contrato que o segurado deve pagar em caso de ocorrência de um sinistro. Ou seja, é a parte do prejuízo que fica sob a responsabilidade do segurado.

Definição de franquia do seguro

A franquia do seguro é uma espécie de participação obrigatória do segurado no contrato. Ela é estabelecida tanto para proteger as seguradoras de fraudes e sinistros de baixo valor, quanto para evitar que o segurado faça acionamentos desnecessários do seguro.

A importância da franquia no seguro

A franquia é importante tanto para o segurado quanto para a seguradora. Para o segurado, a franquia pode ser vista como uma forma de barreira contra problemas menores. Afinal, os acionamentos do seguro para sinistros de baixo valor podem acabar encarecendo o custo do seguro para todos os segurados.

Já para a seguradora, a franquia garante que haja um interesse real do segurado em acionar o seguro apenas em casos de sinistros que realmente necessitem de indenização. Dessa forma, é possível evitar fraudes e também controlar os custos operacionais da seguradora.

Como funciona a franquia do seguro

Agora que você já entendeu o conceito, vamos explicar como funciona a franquia do seguro na prática.

Processo de acionamento da franquia

Em caso de sinistro, o segurado deve entrar em contato com a seguradora para comunicar o ocorrido. Após a avaliação do caso, se for identificada a necessidade de acionar o seguro, será informado ao segurado se há ou não aplicação da franquia.

Se a franquia for acionada, o segurado precisará arcar com o valor estabelecido em contrato antes de receber a indenização correspondente ao sinistro. É importante ressaltar que, em alguns casos, a franquia pode ser diluída em parcelas ao longo do tempo, facilitando o pagamento para o segurado.

Cálculo da franquia do seguro

O valor da franquia é estabelecido no contrato de acordo com diferentes critérios, como coberturas contratadas e características do segurado. É comum encontrar apólices de seguro com franquias fixas – onde o valor é sempre o mesmo para qualquer sinistro – e franquias proporcionais – onde o valor varia de acordo com o valor total do sinistro.

O cálculo da franquia também pode variar de acordo com o tipo de seguro contratado. Por exemplo, no seguro automóvel, a franquia pode ser calculada com base no valor do veículo, enquanto que no seguro residencial, pode estar relacionada ao valor do imóvel.

Tipos de franquia do seguro

Existem diferentes tipos de franquia do seguro que podem ser encontrados em apólices de seguros. Conheça as opções mais comuns:

Franquia normal ou obrigatória

A franquia normal ou obrigatória é a mais comum e está presente na maioria dos seguros. Ela representa o valor mínimo que o segurado deve pagar em caso de sinistro.

Franquia reduzida ou ampliada

Além da franquia normal, é possível encontrar a opção de franquia reduzida e ampliada. Na franquia reduzida, o segurado paga um valor inferior ao estipulado no contrato, porém, isso pode implicar em um aumento no valor do prêmio do seguro. Já na franquia ampliada, o valor a ser pago pelo segurado é maior, mas o prêmio do seguro pode ser reduzido.

Vantagens e desvantagens da franquia do seguro

Agora que você já sabe como funciona a franquia do seguro, é importante entender as vantagens e desvantagens desse elemento.

Benefícios da franquia do seguro

Ao contar com uma franquia no seu seguro, você pode ter a possibilidade de reduzir o valor do prêmio a ser pago mensalmente. Afinal, ao assumir parte do risco, você se torna um parceiro da seguradora, compartilhando os custos dos sinistros.

Além disso, a franquia garante que você acione o seguro somente em casos de sinistros mais relevantes, evitando assim a perda de tempo e burocracia com sinistros menores. Isso também contribui para a agilidade na resolução de problemas.

Possíveis desvantagens e cuidados a serem tomados

Por outro lado, é necessário ficar atento ao valor da franquia estabelecido no contrato. Se o valor for muito alto, pode ser difícil arcar com essa despesa em caso de sinistro. Portanto, é essencial avaliar bem as condições do contrato antes de fechar negócio.

Além disso, lembre-se de que a franquia é acionada a cada sinistro, ou seja, em casos de ocorrências frequentes, você terá que arcar com a franquia diversas vezes em um curto período. Por isso, é importante analisar a sua real necessidade de acionar o seguro antes de tomar qualquer decisão.

Dúvidas comuns sobre a franquia do seguro

Para finalizar, vamos responder algumas dúvidas que são comuns em relação à franquia do seguro.

Franquia do seguro e sinistro: como funciona?

A franquia do seguro é acionada apenas em caso de sinistro. Ou seja, se não ocorrer nenhum evento coberto pelo seguro, você não precisará pagar a franquia. Porém, em caso de sinistro, será necessário arcar com a franquia estabelecida em contrato.

É possível escolher o valor da franquia?

Em algumas modalidades de seguro, é possível escolher o valor da franquia de acordo com as opções oferecidas pela seguradora. Porém, é importante lembrar que o valor da franquia pode estar diretamente relacionado ao valor do prêmio do seguro. Portanto, avalie bem as condições oferecidas antes de tomar uma decisão.

Agora que você já conhece tudo sobre a franquia do seguro, é importante pesquisar e comparar diferentes seguradoras antes de contratar o seu seguro. Afinal, cada empresa pode ter regras e condições específicas para a aplicação da franquia.

Lembre-se sempre de ler atentamente o contrato, esclarecer todas as suas dúvidas e contar com a orientação de um profissional especializado antes de tomar qualquer decisão relacionada ao seu seguro. Dessa forma, você terá a tranquilidade de estar protegido contra imprevistos e saberá exatamente quais são as suas responsabilidades em relação à franquia do seguro.