O que é limite emergencial no cartão de crédito?

Por: Plusdin em 30/10/2021
limite emergencial

O limite emergencial do cartão de crédito é uma facilidade oferecida pelos bancos e demais emissores de cartões para permitir que seus clientes consigam fazer uma compra, mesmo quando não possuírem limite disponível.

Trata-se de um serviço bastante útil, que evita que as pessoas passem por constrangimentos na hora de fazer uma compra ou mesmo que consigam um dinheiro extra em um momento de aperto.

No entanto, o que muitos não sabem é que o limite emergencial pode ter taxas e, por isso, não deve ser utilizado com frequência.

Se você quer aprender um pouco mais sobre esse assunto e saber como fazer o uso dessa ferramenta de uma maneira adequada e consciente, venha conosco que vamos explicar tudo neste artigo.

Como funciona o limite emergencial de crédito?

Também conhecido como avaliação emergencial de crédito, o limite emergencial é um valor extra que as operadoras de cartões oferecem a seus clientes para usar em situações especiais.

Em regra, o valor desse limite especial gira em torno de 10% a 20% do limite real de seu cartão.

Ou seja, se você tem um cartão com limite de R$ 5.000,00, o seu limite emergencial pode ser entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00.

A ideia da avaliação emergencial é permitir que o cliente tenha a sua compra aprovada, mesmo que ela ultrapasse o limite disponível no cartão. Para isso, o valor da compra não pode ser muito elevado.

O problema é que, para oferecer essa facilidade a seus clientes, as operadoras de cartão cobram taxas, que podem variar entre R$ 10,00 e R$ 60,00.

Ou seja, se você faz o uso dessa ferramenta todo mês, precisará arcar com essa taxa mensal, o que pode acabar pesando em seu orçamento com o passar do tempo.

Assim, o ideal é fazer o uso da avaliação emergencial com responsabilidade e somente quando ela for estritamente necessária.

Como saber se meu cartão possui limite emergencial?

A maioria dos cartões de crédito possuem a funcionalidade de avaliação emergencial disponível já desde o momento da contratação.

Regra geral, o contrato do cartão, aquele que você assina na hora que faz o pedido, já traz uma cláusula descrevendo o serviço e explicando o seu funcionamento, suas taxas etc.

No entanto, há algumas operadoras de cartões que podem não oferecer essa facilidade aos seus clientes.

Na hora da contratação, você também pode dizer que não tem interesse em possuir o serviço de avaliação emergencial de crédito.

Assim, a operadora irá retirar essa cláusula de seu contrato.

Nesse último caso, se você fizer uma compra qualquer e ela ultrapassar o limite disponível em seu cartão, ela será negada automaticamente e você irá visualizar o código de erro na tela da maquininha.

Assim, tenha você contratado ou não o limite emergencial, é importante ficar de olho no limite do seu cartão para não correr o risco de estourá-lo e para evitar constrangimentos na hora das compras.

Vantagens e desvantagens de usar a avaliação emergencial de crédito

Assim como todos os serviços que envolvem os cartões de crédito, o limite emergencial possui suas vantagens e desvantagens. Confira algumas delas:

Vantagens:

  • Você pode ter uma compra aprovada, mesmo que não tenha limite suficiente em seu cartão;
  • Evita constrangimentos na hora de pagar suas compras;
  • Pode ser um grande aliado diante de algum imprevisto ou em uma emergência financeira.

Desvantagens:

  • A maioria dos bancos cobra uma taxa mensal pelo uso do serviço;
  • Não deve ser considerado como uma extensão do limite do cartão;
  • Pode gerar um descontrole financeiro.

Perguntas frequentes

Confira, a seguir, algumas das perguntas mais frequentes quanto ao uso do limite emergencial:

Posso aumentar o valor do limite emergencial?

Em regra, o limite emergencial é um percentual do limite atual de seu cartão. Assim, aumentando o limite do cartão, o limite de avaliação emergencial também aumenta.

Posso extrapolar o limite do meu cartão todo mês?

Você até pode, mas não deve. Isso porque extrapolar o limite do cartão todos os meses e ter que fazer o uso do limite emergencial significa que há um certo descontrole financeiro.

Além disso, o valor da taxa cobrada pela avaliação emergencial pode parecer pequena em um primeiro momento, mas experimente somá-la durante um ano para ver que o gasto é bem maior do que você imaginava.

Como contratar o limite emergencial de crédito?

Você pode contratar o limite emergencial de crédito entrando em contato diretamente com a sua operadora de cartões ou o banco emissor. Utilize os canais de atendimento oficiais para fazer isso.

Quais taxas são cobradas para usar o limite emergencial?

Os emissores de cartões podem cobrar uma taxa única por mês para que você faça o uso da avaliação emergencial de crédito.

No entanto, existem emissores que isentam seus clientes dessa taxa, como é o caso do Banco Bradesco.

Quando usar a avaliação emergencial do cartão de crédito?

O limite emergencial existe para evitar que o usuário do cartão de crédito tenha que solicitar ao emissor um aumento do seu limite sempre que fizer uma compra que ultrapasse o limite pré-estabelecido.

Contudo, é preciso ter cuidado para que essa prática não vire uma rotina, pois, como existe a cobrança de taxas, isso pode sair caro no seu bolso com o passar do tempo.

Assim, a avaliação emergencial do cartão de crédito pode ser usada, por exemplo, nas seguintes situações:

  • Quando você precisa fazer uma compra que não pode ser adiada e o cartão de crédito seja a única forma de fazer o pagamento; ou
  • Diante de uma emergência ou imprevisto.

Fora dessas situações, é altamente recomendado evitar o uso do limite emergencial.

Ter um bom controle financeiro é uma das maneiras de evitar o uso desse serviço e, também, de evitar que você crie uma dívida impagável ou que venha a ter o seu nome incluído no SPC/Serasa.

Por isso, o ideal é consumir de forma consciente e fazer um planejamento financeiro para que você não precise recorrer a esse serviço e possa ter mais controle sobre as suas finanças.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Conte para a gente aqui nos comentários!