Banco ou financeira? Qual é o melhor empréstimo? 

Por: Pamela Gaudio em 13/05/2021
dúvida banco ou financeira

Se você chegou até esse artigo, provavelmente deve precisar de um empréstimo, mas não sabe qual opção escolher, certo? Independente do motivo que você precisa pegar dinheiro emprestado, existem formas de empréstimo que te atendem melhor do que outras. Mas qual é a melhor opção?

Isso vai depender de alguns fatores, como o motivo pelo qual você precisa de um empréstimo e também o valor que você precisa.

Muitas pessoas recorrem ao banco de sua preferência para conseguir um empréstimo. Já outras, optam por uma financeira. Se você está em dúvida de onde solicitar o seu empréstimo, continue lendo esse artigo até o final. 

Principais diferenças entre os empréstimos do banco e das financeiras

Conseguir um empréstimo pode ser simples, mas com a variedade de empréstimos que existem, você pode ficar em dúvida sobre qual escolher. Aqui, vamos te mostrar as principais diferenças entre os empréstimos do banco e de uma financeira. 

Uma das principais diferenças é que o banco geralmente oferece uma série de serviços, como contas, cartões, seguros, entre outros. Já a financeira tem foco no empréstimo e emissão de investimentos, ou seja, uma gama de serviços menor, porém mais focada, o que pode ser um ponto positivo. 

Veja abaixo as principais diferenças entre elas:

Conta corrente

Se você solicitar o seu empréstimo em uma financeira, é necessário que você tenha uma conta corrente em outro banco, onde o dinheiro será depositado.

No caso de empréstimo no banco, se for o mesmo da sua conta corrente, será depositado nessa conta, sem intermediários. Geralmente você precisa ter conta no banco que você pedirá o empréstimo.

Preços e taxas

Essa parte é a que mais preocupa as pessoas na hora de solicitar um empréstimo. Ao analisar as taxas de juros, você consegue saber qual é a melhor opção de empréstimo para você.

Os bancos costumam ter taxas mais altas, dependendo do tipo de serviço solicitado, o que pode inviabilizar o empréstimo.

Já nas financeiras, essas taxas podem chegar a ser 20% mais baixas em relação aos bancos. Isso porque as financeiras possuem uma gama menor de clientes do que os bancos. Logo, as taxas mais baixas são atrativas para conquistar novos clientes.

Porém, em alguns casos, as taxas dos bancos podem ser menores, já que são mais rigorosos na hora de oferecerem o crédito. As financeiras são mais flexíveis, com planos de empréstimo até para negativados. Daí, as taxas podem ser maiores. 

Rapidez

Vai depender muito da instituição financeira que você escolher.

Geralmente, o prazo é de duas semanas, mas pode variar dependendo da instituição financeira que você escolher.

As análises nas financeiras podem ser mais rápidas do que no banco, mas isso não é uma regra. 

Atendimento

Mesmo com o banco tendo uma série de serviços disponíveis para os clientes, ainda assim existe um atendimento especializado para quem precisa de empréstimo. Já na financeira, todos os funcionários trabalham com isso, logo, é um atendimento bem mais focado e especializado.

Os trâmites com os bancos podem ser um pouco mais burocráticos e ainda existem as tentativas de te oferecerem outros produtos que você geralmente não precisa. 

Segurança

Essa parte é muito importante na hora de solicitar um empréstimo. Para saber de o banco ou financeira que você quer pedir um empréstimo é seguro, basta procurá-lo na lista do Banco Central.

Apenas instituições regulamentadas pelo BC podem realizar operações financeiras.

Além disso, não é preciso ter mais medo se a instituição falir, pois se isso acontecer, seus ativos podem ser transferidos para outra instituição.

Por isso, antes de pedir um empréstimo, verifique se é uma instituição idônea e regulamentada, para evitar cair em golpes. 

Quais são as maiores vantagens de pegar um empréstimo no banco?

  • Segurança: Os bancos são instituições financeiras conhecidas, logo, o risco de cair em um golpe é muito menor. Mas atente-se para realizar os procedimentos apenas em canais oficiais. 
  • Condições melhores: Se você já for cliente do banco e possui histórico de bom pagador, pode conseguir taxas de juros mais baixas. 
  • Agilidade: Se você for cliente da instituição, a liberação do dinheiro pode acontecer de maneira muito mais rápida. 

Quais são as maiores vantagens de pegar empréstimo em uma financeira?

  • Flexibilidade:As financeiras, diferente dos bancos, podem trabalhar com empréstimo para pessoas negativadas. Claro que as taxas são maiores, mas ainda assim é uma alternativa dificilmente encontrada nos bancos tradicionais, que costumam ser mais rígidos na liberação do crédito. 
  • Exclusividade: Por serem especializados no campo dos empréstimos, podem tratar a sua solicitação com mais atenção e cuidado, além de agilizarem o processo de análise e liberação do dinheiro.
  • Taxas menores: Dependendo do caso, as financeiras podem oferecer taxas de juros bem menores do que as de um banco tradicional. Essas taxas podem chegar a ser 20% menores do que as taxas praticadas em bancos. 

Que cuidados preciso ter antes de pedir um empréstimo? 

Antes de solicitar um empréstimo, independente se escolheu banco ou financeira, você precisa tomar alguns cuidados. Isso porque existem muitos detalhes que passam despercebidos e, no final do processo, você pode perceber que não fez um bom negócio. 

     1. Pesquise as condições

O primeiro passo para pedir um empréstimo é pesquisar bastante.

Pesquise sobre as melhores condições, bancos e instituições e faça comparações. Se atente aos detalhes, pois eles fazem toda diferença. Observe as taxas de juros, faça contas, veja como ficará o custo total do seu empréstimo e, o mais importante, se você conseguirá pagá-lo. 

     2. Confira sua reputação

Se você já escolheu a instituição financeira para pedir o seu empréstimo, procure ela na lista do Banco Central para saber se está regularizada para operações financeiras.

Também busque avaliações sobre a empresa na internet, antes de fechar qualquer negócio.

E sempre desconfie do que parece muito fácil e barato, para não cair em golpes. Confira aqui as dicas que preparamos para você não ser enganado.

     3. Leia o contrato

Pode parecer meio óbvio, mas nem todos leem os contratos de empréstimo antes de assinar, e muitas vezes não conferem o C.E.T e ficam frustrados depois. Fizemos este post para te explicar melhor sobre isso.

     4. Não tenha pressa

Na pressa de conseguir esse dinheiro rápido que o empréstimo oferece, muitos deixam passar certos pontos que podem ser cruciais na sua vida financeira. Por isso, solicite seu empréstimo com calma e tenha a segurança de que você fez um bom negócio. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*