Cartão de crédito internacional: o que é e como usá-lo da melhor maneira

Veja como funciona, quais as diferenças para os cartões nacionais e as vantagens de ter um cartão de crédito internacional

Por: Wallace Graciano em 06/05/2021
mulher em um aeroporto com um cartão de crédito internacional e um notebook

Ter um cartão de crédito internacional é uma das principais vantagens que qualquer consumidor pode desejar para flexibilizar sua saúde financeira. Afinal, é com ele que temos a possibilidade de fazer compras no Brasil e no exterior de forma parcelada e até mês postergá-las.

Mas não são somente esses os benefícios de um cartão de crédito internacional. Eles vão desde saques no exterior até acúmulo de pontos em seu programa de milhagens.

Abaixo, montamos um guia completo para te ajudar a entender melhor todas essas vantagens e saber como utilizá-lo melhor. Então, continue conosco e saiba tudo sobre cartões de crédito internacionais.

O que é um cartão de crédito internacional?

O cartão de crédito internacional funciona como um comum, mas com a grande vantagem de poder ser utilizado fora do país ou mesmo em sites que não tenham origem no Brasil.

Ou seja, com um cartão desses em mãos, você pode continuar fazendo saques em caixas eletrônicos, comprar seus bens ou serviços, mas com a vantagem de estender o alcance para qualquer lugar onde sua bandeira seja aceita.

Como saber se o meu cartão de crédito é internacional?

Normalmente, as principais bandeiras mostram que o cartão de crédito é internacional de forma explícita na carta de envio e no próprio cartão, logo abaixo da logomarca do mesmo, no canto inferior direito. Ela também costuma ser colocada na fatura, logo ao trazer dados do seu cartão.

Porém, caso você não visualize esse indicativo ou esteja em dúvida, pode acionar a instituição financeira emissora através do call center ou mesmo visualizar as informações no aplicativo de seu banco ou internet banking.

Como funciona um cartão internacional?

O cartão de crédito internacional funciona exatamente como um cartão de crédito comum. Com ele, você pode fazer compras, pagar serviços e até mesmo fazer saques. Porém, com alguns adendos, que vamos mostrar abaixo:

Principais diferenças para o nacional

Ao contrário do cartão de crédito nacional, onde você só pode fazer compras e saques no solo do país onde ele foi emitido, com o cartão de crédito internacional você pode até mesmo fazer saques em terminais de autoatendimento no exterior. Ou seja, a principal diferença está no alcance.

Quais bandeiras são internacionais?

Em relação às bandeiras, boa parte das principais que atuam no Brasil (Visa, Mastercard e Elo) oferecem as duas modalidades, podendo o cliente escolher qual deseja ter de acordo com sua renda. Porém, terá de arcar com mais custos de tarifas no caso do cartão internacional.

No caso da American Express e Diners Club, elas oferecem cartões somente cartões internacionais no Brasil, muito devido ao público alvo ao qual são destinados.

Vantagens

A grande vantagem de um cartão de crédito internacional está no alcance que você terá ao ter um em mãos, já que poderá fazer compras não somente em solo brasileiro, mas também em vários países do mundo (dependendo do alcance da sua sua bandeira) e sites onde estão hospedados. Além disso, ele oferece como benefícios:

  • Saques no exterior;
  • Serviços para auxiliá-lo em compras fora do país (dependendo de sua bandeira);
  • Serviços de concierge;
  • Compras em sites estrangeiros.

Desvantagens

As desvantagens estão basicamente relacionadas às taxas.

  • A anuidade é mais cara em relação ao nacional;
  • Você paga Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) a cada compra no exterior;
  • Você paga PTAX, que varia de cada banco, a cada transação.

Quais taxas são cobradas em um cartão internacional?

Como visto acima, as taxas costumam ser um problema para quem quer fazer compras no exterior e pagá-las somente no Brasil. Elas costumam ser:

IOF

Desde 2016, toda e qualquer compra que você faça no exterior (inclusive em sites) você será tarifado pelo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que chega a 6,38% do valor gasto.

Dólar PTAX

Além disso, há a incidência do dólar PTAX. Essa taxa é calculada através da cotação do dólar turismo em relação ao real. Para chegar a esse valor, é realizada uma média aritmética entre as taxas de compra e de venda das consultas realizadas diariamente pelo Banco Central, podendo sofrer variáveis.

Porém, fique atento! Se você for a um país onde o dólar não é a moeda principal, saiba que este imposto poderá ser cobrado duas vezes na sua compra. Na Argentina, por exemplo, a compra paga em peso (moeda local) será convertida em dólar e, depois, em real, o que aumenta, e muito, o valor inicial do bem ou serviço.

Taxa dos emissor do cartão

Além disso, as instituições financeiras ainda cobram uma taxa extra sobre a PTAX, que varia, em média, entre 1% a 4% do valor da compra.

Quando elas são cobradas?

Essas cobranças chegam na fatura do mês seguinte à compra. Por isso, é necessário ficar atento ao fechamento da mesma, uma vez que normalmente a conversão da moeda estrangeira é feita na data em que se encerra.

Porém, alguns bancos, principalmente os digitais, passaram a fazer a conversão com a cotação no dia da compra, o que não é garantia de que sairá mais em conta. Tudo dependerá da cotação do dia.

Como usar um cartão de crédito internacional?

Você pode usar seu cartão de crédito internacional da mesma forma como utiliza o nacional, seja para fazer pagamentos ou saques. Porém, existem algumas diferenças, que vamos listar abaixo:

No Brasil

Para fazer pagamentos e/ou saques no Brasil, basta apenas ter seu cartão já habilitado após recebê-lo. Depois disso, basta fazer suas compras normalmente e pagar a fatura do mesmo quando chegar.

No Exterior

Já para utilizá-lo fora do país, você precisará desbloqueá-lo antes junto à instituição financeira a qual tem convênio, seja pela central de atendimento ou mesmo pelos canais digitais, como aplicativo e internet banking.

Pela internet

Como a compra em sites estrangeiros também é considerada uma compra fora do país, você precisará desbloquear seu cartão de crédito antes de utilizá-lo para adquirir bens ou serviços.

Como desbloquear cartão de crédito para uso no exterior?

Bancos e instituições financeiras, em geral, possibilitam que seus clientes desbloqueiem o cartão de crédito através de aplicativos e internet banking. Você também poderá desbloquear seu cartão indo pessoalmente ao seu gerente e informando esse desejo.

Porém, há também a possibilidade de fazer essa liberação através do telefone. Abaixo, vamos fazer um passo a passo de como você pode desbloquear pela internet e pelo aplicativo.

  • Acesse sua conta pelo site ou app de seu banco;
  • Vá ao menu relacionado ao cartão de crédito;
  • Clique no menu “desbloquear cartão de crédito internacional”;
  • Informe o país de destino (não é para todos);
  • Informe o período de viagem a qual o cartão ficará desbloqueado
  • Durante este período informado, o cartão poderá ser usado tanto no Brasil quanto nos países informados como destino.

O que é preciso para ter um cartão internacional?

A versão internacional do cartão de crédito exige, de forma geral, os mesmos requisitos da modalidade nacional comum. Você precisará enviar documentos mínimos e passar por uma análise de crédito antes de tê-lo em mãos. Abaixo, vamos detalhar melhor isso.

Documentos exigidos

  • Documento oficial com foto;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Comprovante de renda.

Renda mínima

A renda mínima para ter um cartão de crédito varia entre os bancos e as variantes escolhidas (Gold, Platinum e Black, por exemplo). Porém, com a chegada dos bancos digitais, que normalmente oferecem esses cartões já internacionais e com anuidade gratuita, é possível pedir um cartão comprovando receber ao menos R$ 800 por mês.

Como solicitar um cartão de crédito internacional?

Após pesquisar bastante sobre qual modelo você deseja, basta entrar em contato com o banco emissor escolhido e solicitar um cartão de crédito daquela instituição. Para tal, bastará entregar os documentos exigidos e comprovar a renda mínima solicitada. Se tudo estiver ok, você receberá o cartão em sua casa.

Principais cuidados para usar seu cartão de crédito internacional com segurança

Para não cair em golpes e proteger seu cartão de crédito internacional, é preciso tomar algumas medidas de segurança.

A principal dica que podemos dar é ao utilizar o cartão no caixa eletrônico para sacar dinheiro, realizar pagamentos, conferir saldos, entre outros, seja no Brasil ou no exterior, tomar cuidado com a movimentação ao redor. Além disso, só use terminais originais e em locais seguros.

Em caso de viagem para fora do país, avise o banco sobre os países de destino. Já neles, sempre o leve com você e evite deixá-los em malas e quartos de hotéis.

Em relação aos sites, procure sempre endereços com segurança certificada e jamais deixe cadastrado seus dados para compras futuras. Se possível, opte pela versão virtual do seu cartão de crédito internacional, pois ela será utilizada em um período específico, evitando, assim, mais riscos.

Quais são os melhores cartões de crédito internacional?

Basicamente os melhores cartões de crédito internacionais são das bandeiras Visa e Mastercard, que são aceitas em mais de 200 países ao redor do planeta.

Obviamente, também os cartões das variantes Black e Platinum também se destacam devido aos benefícios que oferecem. Porém, saiba que um cartão Gold também lhe abre portas.

Nós, do Plusdin, temos um comparativo completo, que você pode saber qual lhe trará mais benefícios e menos custos. Não perca!

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*