Empréstimo ou financiamento: entenda qual é o melhor de uma vez por todas!

Por: Gustavo Marlieri em 14/07/2021
Empréstimo ou financiamento

Não é incomum que as pessoas fiquem em dúvida entre contratar um empréstimo ou financiamento. Esses dois produtos são oferecidos pela maioria das instituições financeiras e são bastante diferentes. Por isso, é importante que o consumidor saiba como cada um funciona para que possa tomar a sua decisão.

Empréstimo ou financiamento? Qual a diferença?

Quando estamos diante da opção de se contratar um empréstimo ou financiamento, basicamente precisamos levar em conta a principal diferença entre esses dois produtos, que é o que você pode fazer com o dinheiro.

Funcionamento

O empréstimo é um contrato entre uma pessoa (física ou jurídica) e uma instituição financeira. Nele, o cliente recebe uma determinada quantia em dinheiro e precisa pagar esse valor em um prazo determinado.

Em troca do dinheiro emprestado, a instituição financeira cobrará juros, que são a remuneração por esse tipo de transação.

Na maioria dos casos, o cliente não precisa justificar o uso do dinheiro e pode usá-lo para o que quiser (pagar dívidas, fazer uma viagem, comprar bens etc.). No entanto, há casos em que será preciso deixar um bem como garantia, como um carro ou uma casa.

Já o financiamento possui algumas regras específicas que o diferenciam do empréstimo. A mais importante delas é que, no financiamento, o cliente deve informar o destino do dinheiro, que não pode ser utilizado para uma finalidade diferente.

Ou seja, se você faz um financiamento para comprar uma casa, por exemplo, não pode pegar o dinheiro e comprar outra coisa que não seja aquela casa que está no contrato.

Taxas

As taxas de juros variam muito quando falamos dos empréstimos, mas costumam ser mais previsíveis no caso do financiamento.

No geral, quando buscamos por um empréstimo ou financiamento, percebemos que os financiamentos costumam ter uma taxa de juros mais baixa que os empréstimos.

Isso acontece pelo fato de que o financiamento possui regras mais rígidas e, também, conta com maiores garantias de que você irá fazer o pagamento.

Um exemplo disso é quando você financia um carro e ele fica em nome do banco ou financeira até que você quite a dívida. Essa é a chamada alienação fiduciária.

Dessa forma, caso deixe de pagar, a instituição pode tomar o bem para quitar o contrato.

Mas é importante pesquisar bastante, pois há alguns tipos de empréstimos que possuem taxas de juros bem mais baixas do que o financiamento. Esse é o caso, por exemplo, do empréstimo com garantia.

Formas de pagamento

Regra geral, os financiamentos são pagos de duas maneiras:

  • Débito em conta; ou
  • Boleto bancário (carnê).

Já os empréstimos, por sua vez, têm como a sua principal forma de pagamento o débito em conta.

Todavia, é possível pedir empréstimos com débito no cartão de crédito, pagamento via boleto ou até mesmo com pagamento via desconto em folha.

Prazos

Os prazos de pagamento costumam ser maiores nos financiamentos quando comparados aos empréstimos.

Em regra, um empréstimo pessoal pode ser pago entre 02 e 36 vezes. Já os financiamentos, por envolverem quantias maiores, podem ser pagos em 48, 96, 180 e até 240 meses, isso a depender do bem financiado.

O que acontece se eu não pagar em dia?

O não pagamento em dia de qualquer dívida pode gerar uma série de transtornos. Por isso, é bom respeitar os prazos de pagamento, seja no empréstimo ou financiamento.

No entanto, como nós estamos sujeitos a imprevistos e aos desafios que a vida nos propõe, nem sempre isso é possível.

Atrasos no pagamento de empréstimos ou financiamentos podem gerar a cobrança de taxas, juros e multas. Além disso, a inadimplência, se for prolongada, pode acabar fazendo com que seu nome seja negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

No caso específico dos financiamentos que possuem a cláusula de alienação fiduciária, a instituição que concedeu o crédito ainda poderá penhorar o bem adquirido para quitar a dívida.

Além disso, a inadimplência também pode gerar cobranças pelas vias judicial e extrajudicial. Ou seja, somente dores de cabeça para quem deixa de pagar suas contas em dia.

Quais são os melhores bancos para essas operações?

Se você deseja contratar um empréstimo ou financiamento, fique sabendo que no Brasil há milhares de instituições financeiras em que você pode fazer isso. Confira algumas delas:

Empréstimos:

Financiamentos:

  • Banco do Brasil;
  • BV Financeira;
  • Caixa;
  • Itaú;
  • Santander.

Empréstimo ou financiamento: qual vale mais a pena?

Se você está em dúvida entre contratar um empréstimo ou financiamento e quer saber qual deles vale mais a pena, o primeiro passo é levar em consideração as suas reais necessidades.

Como as taxas de juros e prazos de pagamento podem variar bastante entre as modalidades de empréstimos e de financiamentos, há alguns pontos que devem ser observados antes da contratação.

Ou seja, se o seu objetivo é adquirir um carro ou um imóvel, o financiamento pode ser uma alternativa mais interessante por conta do prazo de pagamento maior e das taxas de juros mais atrativas.

Todavia, se o seu objetivo é utilizar o dinheiro de uma forma mais livre, o empréstimo é a opção mais acertada, pois, nele, o dinheiro não precisa ser utilizado em uma finalidade específica.

Seja qual for a sua opção, tenha sempre em mente que é preciso traçar um planejamento antes de contrair uma dívida, seja ela qual for.

Por isso, antes de contratar um empréstimo ou financiamento, responda a essas perguntas:

  • Eu realmente preciso do bem ou do dinheiro agora?
  • As parcelas cabem no meu bolso e não irão me apertar no futuro?
  • É possível esperar e guardar o dinheiro para comprar o que eu quero à vista mais para frente?

Lembre-se que as suas escolhas de hoje podem definir o que será de sua vida financeira amanhã. Então, use o crédito com consciência.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Escreva para a gente aqui nos comentários e conte com o Plusdin se precisar de ajuda para contratar o seu empréstimo.

87 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*