Saiba como funciona o cartão de crédito pré-pago

Conheça as vantagens e desvantagens do pré-pago, uma opção para negativados e para quem precisa controlar de perto as finanças

cartão pr-epago
Por: Da Redação em 10/03/2021

Ter um cartão de débito e crédito já é algo bastante comum para uma grande parcela de brasileiros. Segundo dados do Bacos Central, há 132 milhões de cartões de débito e 123 milhões de cartões de crédito ativos no Brasil. Os dados são relativos ao ano de 2019.

O cartão de crédito pré-pago, no entanto, está se tornando mais popular por aqui. Ele é uma opção para quem está negativado ou para quem deseja controlar as despesas de verdade.

Os pagamentos feitos com cartão devem movimentar R$ 2,38 trilhões este ano. Ou seja, um aumento de 19,4% em comparação a 2020, sendo que dentre os meios de pagamento, o maior crescimento em 2021 será o do cartão pré-pago.

O que é um cartão de crédito pré-pago?

No cartão de crédito pré-pago você não tem um limite preestabelecido. Por isso, o gasto é limitado à quantia inserida como recarga. Ele é utilizado para pagar qualquer compra feita em estabelecimentos físicos ou virtuais, seja do Brasil ou do exterior.

Ele funciona como um celular pré-pago: você faz uma recarga no valor desejado e pode utilizar até que acabe o saldo.

Como funciona?

Por definição, o cartão pré-pago requer uma recarga, que serve como limite para as operações a serem realizadas. Ele é o seu saldo, que é consultado — assim como as compras feitas — pelo site ou aplicativo da instituição.

Na hora de pagar, o funcionamento é o mesmo do cartão de crédito tradicional. Você informa ao caixa que passará no crédito, insere sua senha e pronto! A transação é finalizada. Caso a aquisição ocorra online, o processo é igual, basta selecionar a opção correspondente.

Quais serviços e tarifas existem no cartão de crédito pré-pago?

Um cartão de crédito pré-pago, ainda que não seja vinculado a uma conta bancária, por exemplo, possui algumas tarifas:

  • Tarifa de Aquisição: alguns bancos não cobram pela aquisição do cartão de crédito pré-pago. Já outros, cobram uma pequena tarifa, que varia de R$ 10 a R$ 15, dependendo da instituição;
  • Tarifa Para Recarregar o Cartão Pré-Pago: em geral, os bancos cobram uma taxa que varia entre R$ 2,50 a R$ 15, a depender da instituição financeira;
  • Tarifa de Saque: além de cobrar pela emissão e carregamento do cartão de crédito pré-pago, há também cobrança pelo saque. Assim, caso tenha saldo disponível no seu cartão de crédito pré-pago e deseje sacá-lo, será preciso pagar uma tarifa que varia entre R$ 5,90 a R$ 10, a depender do banco;
  • Tarifa de Manutenção Mensal: há, também, uma tarifa de manutenção mensal do cartão de crédito pré-pago, que pode atingir o valor de até R$ 10. Alguns bancos, no entanto, não cobram essa tarifa.

Qual é a diferença em relação ao cartão de crédito?

O cartão de crédito funciona como uma espécie de empréstimo. O banco oferece determinada quantia para gastos e você pode fazer seu uso como quiser. Depois de 30 dias, será emitida uma fatura com o valor total a ser pago.

Se houver atrasos no pagamento, há incidência de juros e multas. Você ainda pode pagar o mínimo, mas entra no rotativo, que implica taxas elevadas de juros. Com o pré-pago os seus gastos estão limitados ao saldo do cartão.

No cartão de crédito, a instituição financeira analisa o seu histórico de crédito e perfil de renda para autorizar a emissão e indicar o limite disponibilizado. Após ser aprovado, a via é emitida e chega à sua casa. Depois disso, basta desbloqueá-lo para uso. As compras são feitas à vista, para pagamento na fatura, ou parceladas.

Já no cartão de crédito pré-pago, ao solicitar o produto, não é necessária análise do histórico financeiro e nem é exigida comprovação de renda, porque você é quem decide quanto usar e quanto vai gastar.

No pré-pago, as compras podem ser parceladas?

Não, o cartão pré-pago impossibilita o parcelamento das compras, uma vez que não existe garantia de que haverá saldo disponível para descontar nos meses seguintes. Por isso, aquisições de bens de valores mais altos devem ser feitas à vista ou mediante outras modalidades de parcelamento, como os carnês.

Como fazer a recarga do cartão pré pago?

Os meios mais comuns ocorrem por meio de:

  • Transferência por DOC ou TED para a conta ao qual o cartão está vinculado;
  • Boleto, no qual você gera a fatura com o valor desejado e paga em lotérica ou banco;
  • Depósito identificado em caixas bancários credenciados;
  • Débito em conta-corrente;
  • Estabelecimentos credenciados;
  • Transferência de dinheiro de outro cartão pré-pago;
  • Transferência de uma conta PayPal ou semelhante.

Vale destacar que boa parte dessas alternativas é viabilizada pelo site ou aplicativo do cartão.

Solicite sem qualquer burocracia

Como não há análises para comprovação de renda, a aprovação é feita na hora e você só precisa esperar poucas horas para ter o cartão em mãos.

Você nem precisa ter uma conta-corrente em banco para solicitar o seu pré-pago. Algumas   instituições financeiras fazem essa exigência. Contudo, não é uma obrigação para a maioria delas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*