Juros de cartão de crédito: o que são e como evitá-los

Criamos um guia para te mostrar tudo que você precisa saber sobre este que é um dos maiores vilões contra a saúde financeira dos brasileiros

Juros de cartão de crédito: o que são e como evitá-los
Por: Wallace Graciano em 09/04/2021

O cartão de crédito pode ser um grande aliado para flexibilizar sua vida financeira, mas cuidado, o que talvez você não saiba é que caso você não pague sua fatura completa e em dia, ele pode se tornar um grande vilão para suas finanças, já que assim você enfrentará os temidos juros cartão de crédito.

Apesar de ser um aliado, o que é o grande atrativo desta modalidade também pode virar um problema se o cliente não souber utilizá-lo com sabedoria. Os temidos juros do cartão de crédito podem tornar sua vida financeira um verdadeiro pesadelo.

Em muitos casos, os consumidores não sabem ao menos como a cobrança desses juros funciona, por isso, trazemos agora uma breve explicação para ajudá-los a entender melhor sobre eles.

O que são juros de cartão de crédito?

Existem vários tipos de juros, mas o principal em questão, levado em conta pelo Banco Central, é o do rotativo do cartão de crédito, que é a taxa cobrada quando não pagamos a fatura de forma integral, pagando apenas pelo valor mínimo, ou de forma parcelada.

A opção por essa forma de pagamento é uma alternativa para evitar que seu nome fique inadimplente, mas é preciso lembrar que o valor não pago entrará em rotativo, voltará mais alto no mês seguinte e ainda se somará ao valor da nova fatura.

Estes juros costumam ser os mais altos do mercado, portanto, o uso reincidente do crédito rotativo pode acabar se tornando um risco à sua saúde financeira, já que toma grandes proporções, virando uma verdadeira bola de neve.

Como funcionam os juros do cartão de crédito?

Os juros do cartão de crédito funcionam como um financiamento de dívida. É como se você pegasse um empréstimo no banco e fosse devolvendo aquele dinheiro aos poucos, pagando uma taxa por ele.

O grande problema é que esse empréstimo é feito com os juros mais altos do mercado. A taxa média de juros do cartão de crédito no Brasil varia em torno de 15% a 20% ao mês e mais de 300% ao ano.

Como os juros de cartão de crédito são cobrados?

Os juros do cartão de crédito são cobrados quando você opta por fazer o pagamento mínimo do valor da sua fatura, estipulado em 15%. Dessa maneira, os 85% restantes são acrescidos de taxas e voltam mais altos para sua fatura no mês seguinte.

Essa taxa aumenta a cada mês de uso do rotativo, podendo trazer grandes problemas financeiros. Para se ter uma ideia, o juro médio do rotativo do cartão de crédito para pessoas físicas alcançou mais de 300% ao ano em fevereiro de 2021, segundo o Banco Central.

Por que os juros do cartão de crédito são tão altos?

Já entendemos que as taxas de juros do cartão de crédito são altíssimas, mas, por que isso acontece? A resposta é simples: o juro é alto, pois o risco assumido pelas administradoras é grande, ou seja, há grande risco de inadimplência.

Isso ocorre pois, o cadastro do portador do cartão não é atualizado pela administradora e, apesar de seu comportamento no uso do cartão ajudar a avaliar os riscos, uma mudança brusca de sua situação financeira não será facilmente detectada.

Com isso, o risco de inadimplência se torna alto, pois o patrimônio de tal consumidor é desconhecido e a possibilidade de pagamento daquela dívida, um verdadeiro mistério.

Como saber qual a taxa de juros do seu cartão?

Você pode consultar a taxa de juros do seu cartão de crédito na própria fatura, no contrato do cartão ou diretamente com o banco. Também é possível conseguir esta informação através do site do Banco Central.

Qual o limite máximo da taxa de juros dos cartões de crédito?

Segundo o Banco Central, não há limite para os juros do rotativo do cartão de crédito. Em fevereiro de 2021, essa taxa ficou, em média, em 328,98% ao ano.

Qual a diferença entre taxas e juros?

Você sabia que existe uma diferença entre taxas e os juros do cartão? As taxas são tarifas básicas pré-estabelecidas no contrato entre cliente e administradora. São elas:

  • Anuidade: cobrada em uma parcela única ou dividida e tem período de 12 meses.
  • Avaliação emergencial de crédito: cobrada quando o cliente ultrapassa o limite do cartão.
  • Pagamento de contas: cobrada quando o cliente paga contas e boletos com o cartão de crédito
  • Saque: cobrada quando o cliente realiza saque em dinheiro por meio do cartão de crédito
  • Segunda via: cobrada para emissão de uma nova via do cartão em caso de perda, furto, etc.

Já os juros, como já falamos anteriormente, são o valor cobrado quando há inadimplência do cliente, como em atrasos, parcelamento de faturas e pagamento mínimo.

Quais juros são cobrados no cartão de crédito?

Diversos tipos de juros podem ser cobrados no seu cartão de crédito em diferentes situações. Conheça-os abaixo:

Juros do rotativo

São cobrados quando o cliente não faz o pagamento integral da fatura e paga um valor entre o mínimo e o total. O valor em aberto é cobrado na fatura seguinte e os juros são acrescidos a ele.

É importante ressaltar que o crédito rotativo só pode ser usado uma vez no mês. Caso seja necessário uma nova negociação, os bancos devem transferir a dívida para o crédito parcelado, que cobra juros mais baixos.

Juros parcelados

São cobrados quando há parcelamento da fatura e têm, por lei, condições melhores que as do rotativo. Os juros parcelados podem ser de dois tipos:

  • Voluntário: quando o cliente decide fazer um acordo e parcelar a fatura.
  • Mandatório: quando o cliente entra em rotativo por mais de um mês e a instituição estabelece o parcelamento.

Juros moratórios

São cobrados quando o cliente não paga a fatura ou paga um valor abaixo do mínimo estabelecido. Estes juros são cobrados sobre o valor em aberto e aumentam conforme o atraso no pagamento.

Multa moratória

Quando a fatura não é paga dentro do vencimento ou é pago apenas um valor abaixo do mínimo, além dos juros moratórios, é cobrada também a multa moratória. Seu valor não muda com o tempo de atraso e cada instituição pode instituir sua própria multa, desde que ela não ultrapasse 2% do valor da cobrança.

IOF

Sigla para Imposto Sobre Operações Financeiras. No cartão de crédito, é cobrado em caso de atraso, financiamento da fatura, dentre outros.

Como evitar pagar juros do cartão de crédito?

A melhor forma de evitar os juros do cartão de crédito é ter controle sobre os seus gastos. Isto é, evitar passar o cartão sem analisar a viabilidade do pagamento daquele valor dentro do seu orçamento. Dessa forma, você evita um descontrole financeiro e também a necessidade de parcelar, atrasar, ou pagar apenas o mínimo da fatura, situações em que incidem os juros.

Como calcular os juros do cartão de crédito?

Para calcular os juros do cartão de crédito você precisará, primeiramente, conhecer o valor mínimo de pagamento da fatura e a taxa de juros cobrada pelo seu banco. Após obter tais informações, siga os passos a seguir:

  • Subtraia o valor mínimo pago do valor total da fatura. O resultado será a quantia que entrará como rotativo no próximo mês;
  • Multiplique o valor do rotativo calculado pela porcentagem referente aos juros cobrados pelo seu banco;
  • Sobre este valor, calcule o IOF mensal (0,38%) e diário (0,0082%);
  • Basta somar os valores e você saberá a quantia total a pagar no mês seguinte.
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*